Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Saúde
PREFEITURA DE BOMBINHAS VOLTA A PROMOVER GRUPO DE CONTROLE AO TABAGISMO

Publicado em 14/09/2022 às 13:43 - Atualizado em 14/09/2022 às 14:25

Palestra Cirurgião Dentista Carlos Takayuki Yamanaka. Baixar Imagem

Desde 2019, ano em que o Grupo de Controle ao Tabagismo em Bombinhas foi desenvolvido na sua integralidade, conseguindo ótimos índices de sucesso. Onde, em cada 100 fumantes que participaram de todos os encontros, pelo menos 87 tabagistas conseguiram parar de fumar e se manter abstinentes (sem fumar). Pacientes estes que se encontravam totalmente dependentes da nicotina do cigarro há 10, 20, 30, 40 e, até mais de 50 anos, conseguiram parar de fumar, recuperando a sua saúde, autoestima e qualidade de vida.

 

Em 2020, o mundo foi acometido por uma pandemia de Covid-19. No Brasil, do 1º caso registrado no dia 26 de fevereiro até os dias atuais, foram mais de 685 mil falecimentos, acarretando enormes perdas e sofrimentos às famílias. Impossibilitando, também, o prosseguimento das atividades exercidas pela Equipe Multiprofissional do Grupo de Controle ao Tabagismo.

 

Nos dias 23 e 30 de agosto deste ano, aconteceram os processos avaliativos e, na última terça-feira, 06 de setembro, se deu a 1ª sessão programada na UBS do Mariscal, com a participação da Equipe Multiprofissional (composta no quadro abaixo) e com os 13 pacientes. Sendo orientados, com relação ao tema “Entender por que se fuma e como isso afeta a saúde”; auriculoterapia; entrega de encartes educativos e manuais dos participantes, além das medicações para os pacientes que têm indicação médica.

 

 

 

Equipe GCTab_Bombinhas

     

 

C. Dentista - Carlos

Enfermeira - Carol

Farmacêutica - Ana

Fonoaudióloga - Francine

Fonoaudióloga - Sharlene

Médico - Marcelo

Nutricionista - Karina

Nutricionista - Kelly

Psicóloga - Kátia (avaliação)

ASB - Luana (agendamento por whats)

 

Concomitante ao Grupo, o Dia Nacional de Combate ao Fumo, comemorado em 29 de agosto, tem como objetivo reforçar as ações de sensibilização e mobilização da população para os danos sociais, políticos, econômicos e ambientais causados pelo tabaco.

 

Em um levantamento à nível nacional, em 2019, as principais doenças que mais matam no Brasil foram evidenciadas, sendo notório que, um dos principais fatores para o desenvolvimento dessas doenças é o hábito de fumar:

 

1º Doenças arteriais coronarianas; 

2º Derrame cerebral;

3º Doença pulmonar obstrutiva crônica;

4º Cânceres de traqueia, brônquios e pulmões;

5º Infecções de baixo de trato respiratório;

 

O Brasil é o terceiro país (1º Índia e 2º Tchecoslováquia) com o maior número de ocorrências de câncer de boca, com 15 mil casos por ano (INCA - 2019). Indo à óbito em metade dos casos.

 

“Um dos requisitos essenciais para que o fumante consiga realmente parar de fumar é estar preparado psicologicamente, ou seja, com o objetivo bem firmado para deixar o hábito. Se você já tentou várias vezes e não conseguiu, não desista, isto faz parte do processo de parada, do estar pronto, do amadurecimento do propósito.” Declara o Cirurgião Dentista Carlos Takayuki Yamanaka.

 

As pessoas que desejam parar de fumar e não conseguem sozinhas, realize a sua inscrição ao Grupo de Controle ao Tabagismo na UBS (posto de saúde) mais próximo de sua residência. A Equipe está esperando por você!

 

*Condições para a participação: ter sido vacinado até a 3ª dose para Covid-19.


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar